Por que dizimamos?

O dízimo é tão somente um referencial bíblico para contribuição financeira. Não é uma lei. No AT a Lei era necessária, pois o Espírito ainda não havia descido sobre a Terra. Agora, nenhum cristão mais precisa ser guiado pela lei. Ele é guiado pela consciência dada pelo Espírito Santo, o próprio Cristo que habita nele, que o leva a viver um padrão muito acima da lei.

Por isso, dízimo é apenas um ponto de partida, já que agora tudo o que somos e temos (todo o nosso salário e bens) pertence ao nosso Senhor Jesus. O princípio continua existindo, assim como todo princípio jamais se deteriora. Jesus disse que não veio para abolir a Lei, mas para cumpri-la (Mateus 5:17). Ele mesmo a cumpre em nós, porquanto ​“Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim…” (Gálatas 2:20). Muitos dizem que, por causa da graça, não é mais necessário dizimar. É verdade que não temos obrigação alguma de dizimar, porém, a graça supera a Lei. Jesus disse: ​“... Se a justiça de vocês não for muito superior à dos fariseus e mestres da lei, de modo nenhum entrarão no Reino dos céus” ​ (Mateus 5:20). Assim sendo, quando a graça nos é revelada, somos constrangidos a amar a Deus da forma mais excelente possível! Por isso, dizimar não será esforço, e sim prazer. Além disso, temos um compromisso com a família espiritual na qual Deus nos colocou, motivo suficiente para cada um exercer sua parte contribuindo financeiramente. Essa família é o lugar de convivência e aprendizado, o que nos faz sentir honrados em fazer parte dela e muito gratos a Deus, como também aos líderes e pastores que zelam pelas nossas vidas.

Por que ofertamos?

A Bíblia fala sobre ofertas alçadas. A palavra “alçado” significa “erguido”, “alteado”. Portanto, são ofertas que vão além daquilo que se faz como rotina, é o que ofertamos além do dízimo. Elas revelam a nossa voluntariedade e generosidade. Uma pessoa generosa contribui porque seu coração foi transformado, faz parte da sua nova natureza. a Bíblia diz: “O generoso prosperará; quem dá alívio aos outros, alívio receberá” ​ (Provérbios 11:25). O generoso dá alívio ao sofrimento dos outros, porque tem um coração amoroso e altruísta. Ofertar, portanto, é muito mais do que um compromisso, é um estilo de vida, faz parte da cultura do Reino. Cada vez que nos reunimos, entregamos nossa oferta voluntária e de amor, pois ela expressa a eterna gratidão que temos por tão grande graça a nós revelada em Cristo Jesus.

Como contribuir

Transferência Bancária

Rápido, prático e seguro! Você também pode transferir o seu dízimo ou oferta para as contas abaixo:

PRIMEIRA IGREJA BATISTA EM BLUMENAU 82.741.844/0001-58

Viacredi
Banco: 085
Agência: 0101
Conta Corrente: 911.244-8

Banco do Brasil
Banco: 001
Agência: 3420-7
Conta Corrente: 0.059.382-6

Envie o comprovante de transferência para: financeiro@pibblumenau.com.br

Cultos de sábado e domingo

Você pode levar o seu dízimo e/ou oferta diretamente nos nossos encontros.

Conecta

Conecta
Todo sábado às 19h30.

Culto da família
Domingo às 9h30 e às 18h.

Boleto

Através do PagSeguro você pode gerar um boleto no valor desejado e fazer a sua contribuição.

Uma expressão de amor e gratidão a Deus

Ofertamos e dizimamos porque não somos mais autocentrados. Nossa natureza foi transformada, de consumidores para reprodutores. Antes éramos egoístas, agora somos altruístas. Antes nossa prioridade era nós mesmos, agora o nosso próximo. Por meio de Cristo recebemos a natureza de servo, que pensa primeiro nos outros depois em si mesmo (Lucas 17:7-10). Assim, entendemos que nosso compromisso com Deus tem tudo a ver com nossa responsabilidade social. Somos aqui na Terra instrumentos de Deus para mudar a história das pessoas. Essa entrega, no entanto, não se resume a doar financeiramente, mas, principalmente, a si mesmo, como sacrifício vivo, santo e agradável a Deus (Romanos 12:1).