Aliança do Casamento

1. COMEÇA no Coração de Deus Pai, antes da criação:

Efésios 1:3-5, é uma descoberta e iluminação da Palavra Revelada de Deus, a Bíblia, de que Deus é Coração de Pai, desde antes da criação, da fundação do mundo! Mais ainda, é que Ele nos escolheu e nos adotou em Cristo, como ‘Seus filhos’, também desde antes da criação e de que fôssemos gerados e entretecidos no ventre da nossa mãe (Salmos 139). Daí podemos entender que toda a criação, especialmente do homem e da mulher, do casamento, tem um Propósito, uma Aliança, uma Bênção geracional, de crescer e multiplicar filhos de Deus, à Sua Imagem e Sua Semelhança, através do casamento.

 

2. Então, esta aliança e benção de crescer e multiplicar à Imagem e Semelhança do Pai, Filho e Espírito Santo, segundo a Sua Espécie, o Pai estabeleceu no Primeiro Casamento de filhos de Deus: 

Vemos bem claro isto em Gênesis 1:25-28 e Gênesis 2:9 e 24. Aqui vemos o Pai estabelecer o Princípio de que “tudo o que tem vida, se multiplica segundo a sua espécie, segundo a sua semente” (Gênesis 1:11-12 e 20-25). É neste Princípio e Aliança, o Deus Pai cria os primeiros filhos, segundo a Sua Imagem e Segundo a Sua Espécie (Lucas 3:38) e estabelece a primeira aliança de casamento, com este Propósito: Crescer e Multiplicar como filhos de Deus Pai (Gênesis 2:24).

É muito importante notar que este versículo de Gênesis 2:24 é trazido à memória algumas vezes por Jesus (Mateus 19:4) e nas cartas apostólicas do Novo Testamento - NT - (Efésios 5:31), pois esta Aliança do Casamento, para Deus, o Pai nosso, é Eterna e tem o mesmo Propósito: Multiplicar filhos de Deus Pai!

 

3. No último livro do Antigo Testamento (AT) Deus REAFIRMA esta aliança e propósito para o casamento de verdadeiros filhos de Deus Pai:

Em Malaquias 2:10-17 há uma séria advertência aos líderes religiosos do povo de Deus que quebraram a  aliança do casamento entre Seus filhos, casando-se com outros que não eram  Seus filhos, adoravam outros deuses, não viviam os Princípios Eternos. Dos versículos 13 em diante, Deus mesmo pergunta a eles e Deus mesmo responde, e vemos em 4 capítulos deste livro profético, 51 vezes a expressão: “- assim diz o Senhor”!  Será que Deus está falando sério?

Observamos no verso 15 que Ele REAFIRMA Gênesis 2:24 e REAFIRMA o Seu Propósito para a UNIDADE da Aliança do casamento: “- E por que um só? Porque Ele desejava uma DESCENDÊNCIA CONSAGRADA. Esta palavra "descendência", em grego original é “Elohiym” que significa: governantes, juízes, seres divinos, anjos, deuses, obras ou possessões especiais de Deus… Esta é a mesma palavra que é traduzida por “Deus”,  em Gênesis 1: 1… 25-28. 

Fica claro aqui que Deus Elohiym não muda a Sua Aliança e Propósito para o casamento, através da unidade do casal de filhos dEle: - “Cresçam e multipliquem filhos dEle!” Por isso, Ele odeia o divórcio e a violência e brigas do casal, que afetarão o futuro dos filhos. (Não nos esqueçamos: Nossos filhos e gerações serão filhos de Deus/Elohiym ou filhos do Diabo… Não tem outra opção bíblica).

É isso que os dois últimos versículos do AT (Malaquias 4:5,6) reafirmam: Seus filhos serão bênçãos ou serão maldições na terra… Nós pais definimos!

 

4. O desafio de SER SOLTEIRO ou CASADO de Aliança com o Deus Pai:

Em 1 Coríntios 7 temos muitas orientações sobre o casamento bíblico, mas avaliemos os versículos: 8 e 9, 27 e 28, 32 a 34. É só ler e anotar o que o texto ensina, deixando claro que é uma benção ser solteiro para ‘agradar ao Senhor’, como também, ser casado com outro filho (a) de Deus, mas neste caso, também, para agradar ao Senhor. Então este filhos dEle, primeiro precisam agradar seu cônjuge e que casar traz muitas dificuldades e preocupações (v 28 e 32). Imagina casar com alguém que não é filho de Deus e não tem interesse na aliança com Ele e por isso, é egoísta e não quer agradar o outro, que é filho (a) dEle com quem se casou? Nestes casos, são muitas dificuldades e preocupações a mais, que causam brigas e divórcios e destroem as gerações.

 

5. Todo o Plano Eterno de Deus Pai SE DEFINE E SE CONFIRMA na Aliança do Casamento e da Igreja, que se perpetuam pelas GERAÇÕES:

Algumas definições e confirmações de que a Igreja de Cristo Jesus é formada e conhecida pelos casais da mesma, bem como dos filhos destes casais, educados e aliançados com Deus Pai, ou não, como o seus pais. Em outras palavras: Os casais reproduzem segundo a sua semente, segundo a sua espécie e, estes, os casais e as famílias FORMAM A IGREJA. A Igreja é  o que são os casais e famílias desta Igreja! Se são cheios de Amor, seus filhos e a Igreja assim serão. Se cheios de discórdias, brigas e violências ou divórcio, como serão os filhos e a igreja?

 

Vamos ver o que nos define e confirma Efésios 5:1, 21-33: 

  • v 21… Todo o filho de Deus, discípulo de Cristo, solteiro ou casado, deve estar sujeito a alguém que lhe ensine o temor e a obediência de Cristo… Muito mais o casal, para viver os versículos seguintes;

  • v 22-24… A posição do homem e da mulher, no casamento de filhos de Deus, nunca vai mudar. Em 1 Coríntios 11.3, reafirma o que Elohiym criou: Deus é o Cabeça de Cristo, este é o Cabeça do homem e o homem é o cabeça da mulher e esta relação é a Manifestação, a Imagem de Elohiym, para ser reproduzida e multiplicada na vida dos seus filhos e na Igreja. "Cabeça" no grego significa "cabeça, que quando tirada, como sentença de morte, tira a vida, pena capital extrema”. Qual a conclusão que se chega quando o homem não tem Cristo como seu Cabeça? E quando ele não assume como cabeça de sua mulher? E quando a mulher não aceita o marido como seu cabeça? Cristo é o cabeça desta mulher e família? Qual a 'sentença' para estas vidas e para esta igreja? 

 

“Igreja”, no grego é “Ekklesia” e significa “reunião dos cidadãos chamados para fora dos seus lares para um lugar público, e outros significados''. Seu casamento, seu lar, chamam atenção lá fora pelo quê? Pela Aliança e Amor de Deus? E sua Igreja é conhecida pelos lares de filhos de Deus Pai e descendência elohiym?

  • v 25-33… Em todos os 12 versículos citados (21-33), conte quantas vezes aparecem as expressões: como, assim como, da mesma maneira, da mesma forma, também! Mas, em especial, nos versos 23-33 compara a responsabilidade e maneira de ser marido e cabeça da sua esposa, como Cristo! ...Em Ef 5:31 inclui o texto, no contexto da Criação e do Criador/Elohyim, o que prova mais uma vez, que a Bênção e a Aliança, do Pai nosso, É ETERNA E PARA A IGREJA que está sendo preparada para o ARREBATAMENTO, como confirmam os versos 25-27.

 

Agora, como crescer e multiplicar descendência heloyim, filhos de Deus, e não do Diabo, que é desobediente e rebelde? Aprendemos isto em Efésios 6:1-4. É interessante que, nos originais gregos, este texto fala de “filhos espirituais/discípulos" (teknon),  definindo e confirmando, mais uma vez, que os verdadeiros filhos de Deus Pai, nascidos do Espírito, devem ser “pais no Senhor” e gerar filhos, como discípulos obedientes aos seus pais e, por consequência e exemplo destes, serão obedientes ao Pai nosso, como Cristo, o Primogênito entre muitos irmãos!

 

Pergunte-se: - “Você está em aliança com Deus, como solteiro(a)? Com seus pais? Com seu cônjuge, se casado? Com seus filhos e gerações? Confirme a seriedade disso, em  1 Timóteo 5:4 e 8.


Assista o culto completo

https://www.youtube.com/watch?v=ayru5Mpyzbk

 

Baixe a
apresentação