Eu sou livre para Renunciar

Eu sou livre para Renunciar

Estamos praticamente fazendo uma viagem e a cada segundo que passa nos aproximamos mais do nosso destino. Nossas escolhas têm influência direta de como vai ser o trajeto e em qual destino chegaremos. Precisamos nos preparar como está escrito em Josué 1:8 “Não deixe de falar as palavras deste Livro da Lei e de meditar nelas de dia e de noite, para que você cumpra fielmente tudo o que nele está escrito. Só então os seus caminhos prosperarão e você será bem sucedido”. E com esse entendimento, iniciaremos a nova série de ministrações no Conecta com o tema Eu Sou Livre

 

Mas o que é ser livre?

Ser livre é poder fazer o que queremos, agir de acordo com as nossas vontades desde que não prejudiquemos ninguém, é a sensação de liberdade e não depender de ninguém. Logo, penso que podemos dizer que liberdade é poder escolher. Quantas guerras a humanidade já travou em busca de liberdade, quantos já se sacrificaram por isso, buscando não apenas a sua, mas a de seus povos!

Quando somos crianças vamos aonde nossos pais nos levam, não somos livres, não podemos escolher o que comer, aonde ir, com quem falar, o que assistir, que horas dormir. Não é à toa que toda criança não vê a hora de chegar a maioridade para ser livre. 

Vamos ler João 8:31-36: 31. Disse Jesus aos judeus que haviam crido nele: "Se vocês permanecerem firmes na minha palavra, verdadeiramente serão meus discípulos. 32. E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará". 33. Eles lhe responderam: "Somos descendentes de Abraão e nunca fomos escravos de ninguém. Como você pode dizer que seremos livres? " 34. Jesus respondeu: "Digo-lhes a verdade: Todo aquele que vive pecando é escravo do pecado. 35. O escravo não tem lugar permanente na família, mas o filho pertence a ela para sempre. 36. Portanto, se o Filho os libertar, vocês de fato serão livres.

Só aqueles que creem e andam com Jesus alcançam a liberdade e deixam de ser escravos do pecado, mas quem não crê é escravo do pecado e não é livre. Sem Jesus somos escravos do pecado. Ele é lindo, maravilhoso e poderoso para nos libertar. Podemos ver isso em Romanos 8:1-2 “1. Portanto, agora já não há condenação para os que estão em Cristo Jesus,

2. porque por meio de Cristo Jesus a lei do Espírito de vida me libertou da lei do pecado e da morte”. E em João 3:18 “Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado, por não crer no nome do Filho Unigênito de Deus”.

 

O que precisamos renunciar?

As pessoas normalmente só abrem mão daquilo que elas não querem, e não querem aquilo que entendem que não lhes traz benefício ou não lhes satisfaz. Dificilmente alguém abre mão do que gosta ou daquilo que lhe traz algum benefício. A raiz disso é o pecado, e com ele surge o egoísmo, o orgulho e todas as demais obras da carne. Somos treinados desde pequenos a pensar exclusivamente em nós, estar à frente dos outros, ser melhor que os outros. Percebemos traços de egoísmo quando uma criança pega o brinquedo de outra, quando estamos sentados no ônibus e fingimos estar dormindo para não ceder nosso lugar a outra pessoa, quando deliberadamente não contribuímos com o quilo do amor ou com o lanche da célula, quando não respondemos a um chamado para servir sem tentar esgotar as possibilidades, quando não aceitamos a correção e somos orgulhosos, enfim, quando pensamos só em nossos prazeres. Aquele que vive assim é escravo do pecado, das suas vontades, do velho homem. Gálatas 5:16-25 “16. Por isso digo: vivam pelo Espírito, e de modo nenhum satisfarão os desejos da carne. 17. Pois a carne deseja o que é contrário ao Espírito; e o Espírito, o que é contrário à carne. Eles estão em conflito um com o outro, de modo que vocês não fazem o que desejam. 18. Mas, se vocês são guiados pelo Espírito, não estão debaixo da lei. 19. Ora, as obras da carne são manifestas: imoralidade sexual, impureza e libertinagem; 20. idolatria e feitiçaria; ódio, discórdia, ciúmes, ira, egoísmo, dissensões, facções 21. e inveja; embriaguez, orgias e coisas semelhantes. Eu os advirto, como antes já os adverti, que os que praticam essas coisas não herdarão o Reino de Deus. 22. Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, 23. mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei. 24. Os que pertencem a Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e os seus desejos. 25. Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”.

Aprendemos que quando somos libertos por Jesus, Ele nos faz livres. Podemos então escolher andar pelo Espírito, não fazemos aquilo é da nossa vontade, pois sabemos que o que a nossa carne quer não é o que o Espírito quer. Só conseguimos vencer a nós mesmos nos deixando ser guiados pelo Espírito. João 8:36 “Portanto, se o Filho os libertar, vocês de fato serão livres”.

Romanos 8.14 “porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus.”

Não somos mais escravos de nós mesmos, Jesus nos libertou do pecado. Agora somos livres e podemos escolher o viver. Uma das maiores provas da liberdade que Jesus nos deu, está descrita no texto sagrado Lucas 15:11-32, o Filho Pródigo. O pai deu liberdade para que um filho saísse de casa com sua herança antes do tempo e ficou esperando na porta ele voltar.

 

Somos livres para que?

1. Buscar o Reino de Deus e sua justiça em primeiro lugar. Mateus 6:33 “Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas.” 

2. Morrer para si mesmo. Mateus 16:24,25 “24. Então Jesus disse aos seus discípulos: "Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me. 25. Pois quem quiser salvar a sua vida, a perderá, mas quem perder a vida por minha causa, a encontrará.”

3. Amar uns aos outros. João 13:34,35 “34. Um novo mandamento lhes dou: Amem-se uns aos outros. Como eu os amei, vocês devem amar-se uns aos outros. 35. Com isso todos saberão que vocês são meus discípulos, se vocês se amarem uns aos outros".

4. Fazer escolhas. 1 Coríntios 6:12 "Tudo me é permitido", mas nem tudo convém. "Tudo me é permitido", mas eu não deixarei que nada domine.

5. Continuar livres. Gálatas 5:1 “Foi para a liberdade que Cristo nos libertou. Portanto, permaneçam firmes e não se deixem submeter novamente a um jugo de escravidão.”

É tempo de usar a liberdade que Jesus nos deu da maneira que Jesus planejou. Ele nos ama e quer restaurar os princípios e propósitos dEle nas nossas vidas. Vamos nos submeter a Deus e viver o que Ele tem para cada um de nós. 

Baixe a
apresentação