Saia da Inconstância

Efésios (4:12-16)

“O propósito é que não sejamos mais como crianças, levados de um lado para outro pelas ondas, nem jogados para cá e para lá por todo vento de doutrina e pela astúcia e esperteza de homens que induzem ao erro” (Efésios 4:14).

O quadro atual da sociedade tem levado as pessoas a um momento de muita correria. Elas estão sempre com pressa, não conseguem ter tempo de qualidade em seus relacionamentos, não são capazes de terminar um plano ou projeto, começam um propósito e não podem cumprir. Com isso, a inconstância tem dominado as pessoas que vivem dessa forma, fazendo com que percam o interesse pelos princípios da Palavra de Deus.  

 

O que é inconstância? 

 

De acordo com o dicionário, a palavra inconstância significa “pessoa que não consegue ser estável em seus comportamentos, sentimentos, opiniões ou atitudes; diz-se de quem muda com frequência. Ausência de perseverança; sem firmeza. Muda de ideia com facilidade. Que não possui nem demonstra lealdade; infiel

 

O que a inconstância pode causar na vida de uma pessoa?

1º- Falta de fé (v. 13) - O apóstolo Paulo não está dizendo que estamos em um estado perfeito de unidade da fé, ele está afirmando que precisamos alcançar essa unidade, ser perseverantes e esforçados, pois vão aparecer dificuldades, porém, precisamos ser constantes para alcançar a unidade da fé.

A inconstância não leva uma pessoa à falta de fé,  na verdade, a inconstância é a marca daqueles que não tem fé. Toda a nossa relação com Deus é baseada na fé. “Sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que ele existe e que recompensa aqueles que o buscam” (Hebreus 1:16).

 

2º- Imaturidade (v. 14) - O inconstante é levado de um lado para o outro, é uma pessoa influenciável e vulnerável, que se comporta como criança. 

Existem pessoas, que já deveriam ser adultas espiritualmente,  mas continuam com comportamento infantil, não conseguem alcançar “a unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, chegar à maturidade, atingindo a medida da plenitude de Cristo” (Efésios 4:13). A imaturidade rouba a unidade da fé e impede de termos um só coração e  pensamento. Ela dificulta o conhecimento profundo do filho de Deus, não permitindo o amadurecimento necessário para um relacionamento saudável com Ele. A imaturidade paralisa o indivíduo, de forma que ele não evolui e permanece sempre do mesmo jeito. 

 

3º- Falta de convicção (v. 14) - Aqueles que são inconstantes não tem convicção, são levados por todo vento de doutrina, enganados e traídos facilmente por homens que  pregam um evangelho sem cruz.

A falta de convicção faz com que as pessoas percam a oportunidade de serem aperfeiçoadas. Elas vivem uma vida de altos e baixos, não confessam os seus pecados, se preocupam em manter uma boa reputação, achando que isto fará a diferença na sua vida espiritual. 

 

O que preciso fazer para deixar de ser inconstante?

 

1º Buscar a maturidade - É impossível ser maduro espiritualmente sem conhecer a Cristo. Precisamos entender que a maturidade não é algo que se alcança pelo conhecimento teórico, mas sim no conhecer a Cristo. Só vamos ser maduros espiritualmente se a nossa mente for transformada pela palavra, se mudarmos a nossa mentalidade. “Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus” (Romanos 12:2). 

O amadurecimento não é um processo espontâneo, existe um investimento espiritual a ser feito e uma postura que deve ser tomada, sendo assim, parece meio óbvio, mas, se queremos resultados diferentes, precisamos ter atitudes diferentes.

2º. Seguir a verdade (v. 15) - É necessário seguir a verdade em amor, se nós queremos crescer em tudo, precisamos estar conectados com o cabeça, que é  Cristo. Só tem um jeito de não sermos mais inconstantes, é crescendo na fé, no amor e nas boas obras, seguindo a verdade que é Cristo.  “Não tenho maior gozo do que este: o de ouvir que os meus filhos andam na verdade” (3 João 1:4). 

3º Ser constante (v. 16) - O constante tem um papel muito importante no corpo, ele ajuda a edificar as pessoas em amor, na medida que vai realizando a sua função. Existem hábitos e práticas que são importantes na vida do cristão que busca ser constante na fé:

  1. Ler a bíblia regularmente: É impossível alguém amadurecer espiritualmente sem ler e meditar na palavra de Deus. 
  2. Orar constantemente: A oração é o nosso canal de relacionamento direto com Deus. Ela é fundamental para quem deseja ouvir a sua voz e entender qual é a vontade do Pai.  
  3. Viver de acordo com o que acredita: Uma pessoa madura precisa ser coerente com o que acredita, ou seja, ela deve viver aquilo que professa. Não adianta ter muito conhecimento da Bíblia e não aplicar isso no seu dia a dia. Quem tem o entendimento, mas não o coloca em ação, é muito pior do que aquele que não conhece a Deus.Sejam praticantes da palavra, e não apenas ouvintes, enganando-se a si mesmos” (Tiago 1:22).

Precisamos aprender a lidar com o vento contrário da inconstância, pois ele testa a profundidade da nossa salvação e da nossa fé. Sair da inconstância é uma forma de dizer o quanto estamos dispostos a servir a Deus. ...prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus” (Filipenses 3:14).

 


Assista o culto completo

https://www.youtube.com/watch?v=SM_JYF2LFsM

Baixe a
apresentação