Seja Sábio e Não Sabido

“Quanto a isso, temos muito que dizer, coisas difíceis de explicar, porque vocês se tornaram lentos para aprender. De fato, embora a esta altura já devessem ser mestres, vocês precisam de alguém que lhes ensine novamente os princípios elementares da palavra de Deus” (Hebreus 5:11-12).

Será que nos dias atuais conseguimos esperar pelas coisas, pelas propostas, pelos sonhos, pelos planos de Deus? Muitas pessoas andam ansiosas, precipitadas, sem paciência, sendo imediatistas, querendo tudo para ontem, como se fossem “donos do mundo”. E “AI” daquele que demorar pra fazer o que a pessoa deseja!  Esse tipo de comportamento é característico de quem ainda é imaturo. Maturidade é o nosso tema deste ano de 2021. Crescer é uma decisão. Deixar de ser menino é uma atitude. Então, você se considera uma pessoa madura?

A epístola aos Hebreus foi escrita para os cristãos judeus, que aparentemente esperavam ver a volta de Cristo, mas a demora de sua vinda e as perseguições, fizeram com que eles questionassem se tinham feito a escolha certa de se tornarem cristãos. “Lembrem-se dos primeiros dias, depois que vocês foram iluminados, quando suportaram muita luta e muito sofrimento” (Hebreus 10:32). 

O autor ressalta a superioridade esmagadora de Cristo sobre tudo o que eles tinham vivido diante da lei. Pois as bênçãos do judaísmo eram relacionadas às coisas terrenas: um tabernáculo, ou templo terreno, sacerdotes terrenos, sacrifícios terrenos, um acordo que prometia a prosperidade terrena. Em contraste, ao que Cristo realmente é, e aonde ele está. “O Filho é o resplendor da glória de Deus e a expressão exata do seu ser, sustentando todas as coisas por sua palavra poderosa. Depois de ter realizado a purificação dos pecados, ele se assentou à direita da Majestade nas alturas” (Hebreus 1:3).

O capítulo 5 de Hebreus mostra que os cristãos ainda não haviam progredido. “...vocês precisam de alguém que lhes ensine novamente os princípios elementares da palavra de Deus” (V.12). A mensagem do apóstolo Paulo alerta para que voltem aos princípios, pois se tornaram sabidos e não sábios.

 

Definição de Sabido    

Dentre os vários significados da palavra “sabido” podemos citar “que tem muito conhecimento; conhecedor, erudito, perito”.  No contexto bíblico, é todo aquele que conhece a palavra, ouve a palavra, vai ao culto, mas não a pratica. “Sejam praticantes da palavra, e não apenas ouvintes, enganando-se a si mesmos” (Tiago 1:22).

 

 Características do Sabido 

  1. Tardio em ouvir (v.11): “...porque vocês se tornaram lentos para aprender”. Paulo relata que os cristãos judeus daquela época eram tardios ou lentos em obedecer e praticar os ensinamentos de Jesus, pois buscavam os seus próprios interesses. É isso que nós também vivemos hoje, estamos recebendo a Palavra, mas pelo fato de não praticá-la nos tornamos meramente ouvintes. “Meus amados irmãos, tenham isto em mente: Sejam todos prontos para ouvir, tardios para falar e tardios para irar-se” (Tiago 1:19). 

O sabido é aquele que edificou sua casa na areia, caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa e ela desabou, sendo grande a sua ruína (Mateus 7:26-27). O sabido só ouve a sua própria voz! Ele não escuta os conselhos de um amigo discipulador e pastor, pelo contrário, só faz o que é bom para si.

  1. Não valoriza o que aprendeu (v. 12): “...vocês precisam de alguém que lhes ensine novamente os princípios…”. O escritor denuncia que eles já deveriam ser mestres no conhecimento da Palavra, mas percebeu que os mesmos precisavam ser alimentados com LEITE ou retornar para os ensinamentos básicos da fé cristã.  

Sabemos que nos dias atuais as crianças recém-nascidas devem ser alimentadas com o leite materno até que se possa ser alimentado com o alimento mais consistente. Mas com o passar do tempo, a criança vai crescendo e o leite materno já não é mais o suficiente, por quê? Porque passou de fase, cresceu.

 

A atitude de ouvir com preguiça resulta na falta de crescimento espiritual

Devemos aprender que deixar de ser criança é uma decisão pessoal. Somente uma criança na fase infantil tem a necessidade de constantemente ser educada, mas logo em seguida com o passar dos anos ela vai amadurecendo.

 

O que é ser Sábio? 

Segundo a bíblia o sábio é aquele que conhece e teme a Deus. Não adiantaria nada termos todo conhecimento do mundo e perdermos a salvação de nossas almas por não caminhar com aquele que criou todas as coisas. O que bebe da fonte! Sábio é aquele que ouve a palavra e a pratica, pois sabe que colherá os frutos da obediência. "Portanto, quem ouve estas minhas palavras e as pratica é como um homem prudente que construiu a sua casa sobre a rocha” (Mateus 7:24).

 

Características do sábio

  1. Se alimenta da palavra (v. 14): “Mas o alimento sólido é para os adultos”. A referência para os hebreus não poderia ser os que não apresentam modelos de maturidade. Eles deveriam fitar os olhos para as coisas que vinham de cima, ou melhor, as coisas do Reino de Deus, as que nos sustentam. 

Ser sábio é ter discernimento entre o BEM e o MAL. Se alguém já é um cristão maduro, reconhecerá o bem e o praticará; reconhecerá o mal e o resistirá.

Quando Jesus escolheu Paulo na estrada de Damasco, para ele parecia que daria tudo errado… “Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino” (1 Coríntios 13:11).

  1. Pratica a palavra e faz discípulo (v.14): “tornaram-se aptos para discernir tanto o bem quanto o mal”. Já não adiantava mais para aqueles que conheciam a Deus só se alimentar da Palavra, mas era necessário que a praticasse. 

Quem põe em prática os ensinamentos da Palavra amadurece e cumpre o seu propósito de existência, GANHAR ALMAS. “O fruto da retidão é árvore de vida, e aquele que conquista almas é sábio” (Provérbios 11:30). Praticar a Palavra é não ver o resultado no momento, mas é CRER que vai dar muitos frutos.

 

Conclusão

O discípulo é um aprendiz de Jesus, sendo ensinado a viver como Ele viveu. O objetivo do Pai é levar seus filhos à maturidade. Temos que estar dispostos a mudanças! Maturidade é saber reconhecer que errrou e ter ousadia para pedir perdão. É ter a capacidade de expressar “eu preciso de você”. Por isso, quero te convidar a tomar uma decisão: Seja sábio e abandone as coisas de criança!



Assista o Culto completo:

https://www.youtube.com/watch?v=hZIOp610r-Q

         



 

Baixe a
apresentação