Uma Vida no Espírito

(Romanos 8:14)

Muito se fala sobre o que significa uma vida no Espírito, e a realidade às vezes contrasta com o que de fato a igreja tem vivido nestes dias. Um evangelho relativizado e empobrecido por liturgias vazias e frágeis. Paulo, em Romanos 7, fala dele mesmo e de suas dificuldades pessoais para se manter na presença de Deus, e em integridade. Chega a mencionar “Porque não faço o bem que prefiro, mas o mal que não quero, esse faço.” (Rm. 7:19).

Ele tinha plena convicção que todos os homens são pecadores, e que somente pelo poder do Espírito de Deus é que alguém poderia viver em santidade, pois a maldade do homem o trai.

 

Mas então, o que de fato significa Uma Vida no Espírito? (Rm. 8:12-14)

A) Não viver segundo a inclinação carnal;

B) Mortificar as obras da carne para que vivamos pelo Espírito;

C) Os que são filhos, é que são guiados.

 

“Se dessa forma fomos unidos a ele na semelhança da sua morte, certamente o seremos também na semelhança da sua ressurreição. Pois sabemos que o nosso velho homem foi crucificado com ele, para que o corpo do pecado seja destruído, e não mais sejamos escravos do pecado; pois quem morreu, foi justificado do pecado.” (Rm. 6:5-7). Significa dizer então que não se pode ter uma vida no Espírito e manter o mesmo padrão decaído da vida mundana. Espírito aqui acima é a palavra Pneuma - enfatiza personalidade e caráter, o Santo Espírito. Iguais a Atos 1:8 e Atos 2:4, quando os discípulos ficaram cheios do Espírito de Deus.

 

Existem algumas características daqueles que vivem no Espírito:

1) Se permitem ser guiados: “Pois o mandamento é lâmpada, a instrução é luz, e as advertências da disciplina são o caminho que conduz à vida.” (Pv.6:23) “Este Espírito nos ensinará todas as coisas.” (Jo. 14:26) É impossível ser guiado se não houver humildade, ao exemplo de João Batista em (Jo. 3:30).

2) Os que vivem no Espírito são os filhos: O próprio Espírito testemunha ao nosso espírito que somos filhos de Deus. “Se somos filhos, então somos herdeiros; herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo, se de fato participamos dos seus sofrimentos, para que também participemos da sua glória.” (Rm. 8:16-17). “Como filhos obedientes, não se deixem amoldar pelos maus desejos de outrora, quando viviam na ignorância. Mas, assim como é santo aquele que os chamou, sejam santos vocês também em tudo o que fizerem, pois está escrito: "Sejam santos, porque eu sou santo". Uma vez que vocês chamam Pai aquele que julga imparcialmente as obras de cada um, portem-se com temor durante a jornada terrena de vocês. Pois vocês sabem que não foi por meio de coisas perecíveis como prata ou ouro que vocês foram redimidos da sua maneira vazia de viver que lhes foi transmitida por seus antepassados.” (1 Ped. 1:14-18)

3) Viver no Espírito significa viver os princípios da Sua palavra: “Assim, façam morrer tudo o que pertence à natureza terrena de vocês: imoralidade sexual, impureza, paixão, desejos maus e a ganância, que é idolatria. É por causa dessas coisas que vem a ira de Deus sobre os que vivem na desobediência, as quais vocês praticaram no passado, quando costumavam viver nelas. Mas agora, abandonem todas estas coisas: ira, indignação, maldade, maledicência e linguagem indecente no falar. Não mintam uns aos outros, visto que vocês já se despiram do velho homem com suas práticas e se revestiram do novo, o qual está sendo renovado em conhecimento, à imagem do seu Criador.” (Col. 3:5-10). O fruto do Espírito é uma união da qualidade de caráter, do DNA que recebemos quando fomos adotados no Senhor Jesus; por isso que Paulo menciona que ele não consegue fazer sozinho o que ele gostaria. Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei. Os que pertencem a Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e os seus desejos. Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito. (Gl. 5:22-25) - TODA CULTURA, CRIAÇÃO,GÊNERO E TEMPERAMENTO,deve ser confrontado pelo evangelho.

4) Quem vive no Espírito é íntimo de Deus: “Quem tem os meus mandamentos e lhes obedece, esse é o que me ama. Aquele que me ama será amado por meu Pai, e eu também o amarei e me revelarei a ele". (Jo. 14:21) “O Senhor confia os seus segredos aos que o temem, e os leva a conhecer a sua aliança.” (Sl. 25:14) “Adúlteros, vocês não sabem que a amizade com o mundo é inimizade com Deus? Quem quer ser amigo do mundo faz-se inimigo de Deus.” (Tg. 4:4)

 

Hoje cabe uma auto análise:

1 - Estou vivendo minha vida espiritual como?

2 - Estou amoldado à cultura evangélica?

3 - Tenho me conduzido pelo meu intelecto? (apenas no conhecimento das ciências)

4 - Tenho me dirigido pelas minhas emoções? (sentimentos e reações)


 

Assista o culto completo

https://www.youtube.com/watch?v=EoNmBQpxVZI

Baixe a
apresentação